terça-feira, 22 de dezembro de 2009

boas festas

íamos a cavalo para o teu presépio e o menino jesus nascia em formato de godzilla com barretinho e cachecol por causa do frio.

íamos em cima de um pato de borracha e a banda da aldeia tocava a procissão enquanto no megafone o joão villaret sibilava o "rosmaniiiinho".

íamos os dois, uma garrafa cheia de creme desmaquilhante e uma árvore tingida a azul jeans com uma tinta comprada na sociedade de drogas do oeste.

íamos os dois, felizes como drogarias onde se vendem lâminas velhas da gillete.

Sem comentários:

Enviar um comentário