quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

feliz idade

no lar do valter hugo mãe, conheci o senhor antónio silva
diz que era barbeiro.

falei-lhe de ti
e ele ainda guarda a maquinaria numa malinha debaixo da cama.

logo à tarde
tiro-te do frigorífico

(parece que no frio a barba cresce mais depressa,
deve ser coisa de auto-defesa do ser humano)

e levo-te ao lar.

ele faz-te a barba
e tu ficas contente.

Sem comentários:

Enviar um comentário